Alemanha

Magdeburg-Stendal

  • “Sou Ricardo Siementcoski, estudante de Engenharia de Produção Mecânica e realizei intercambio para a Universidade de Ciências Aplicadas Magdeburg-Stendal (Hochschule Magdeburg-Stendal) – Alemanha em 2015/1. A Universidade (https://www.hs-magdeburg.de/home.html) apresenta cursos de diversas áreas e abriga alunos de diversas nacionalidades. O curso possui aprofundamento tanto na parte da mecânica quanto da elétrica, além de disciplinas de mestrado que podem ser cursadas simultaneamente. Fiquei hospedado em uma república com adultos, tanto nativos quanto estrangeiros, tendo contato com diversas pessoas e culturas de outras partes do mundo, não só a alemã. Nessa região da Alemanha não existem muitas indústrias, porém a Universidade oferece ou nos leva para feiras de trabalho, onde é possível procurar por diferentes vagas de estágio e ter contato com diversas empresas. O acompanhamento por parte do Departamento Internacional é bom, nos sendo oferecidos cursos para facilitar a candidatura em empresas, dentre outros. A cidade é muito interessante e multicultural (http://www.magdeburg.de/), além de se localizar próxima a cidades importantes como Berlim, Hamburgo e Hannover. A língua no começo é uma dificuldade, visto que o Alemão é o idioma oficial e as aulas são todas ministradas nessa língua. No entanto a maioria dos professores é muito atenciosa com alunos estrangeiros. A universidade oferece cursos de língua alemã para os alunos de intercâmbio. O clima no verão é bastante agradável, entretanto no inverno é bastante frio. Para quem desejar mais informações, pode entrar em contato por ri.siementcoski(at)gmail.com”.

Westfälisch Wilhelms

  • “Sou Lucas de Souza Silva, estudante de Engenharia de Produção Mecânica (quinto período). Realizei no segundo semestre de 2015 um intercâmbio para Westfälisch Wilhelms-Universität Münster, na cidade de Münster, Alemanha. Meu intercâmbio é pela CAPES e faz parte do programa de cooperação Brasil-Alemanha para Pesquisa Colaborativa em Tecnologia de Manufatura, denominado Bragecrim. Münster, localizada no estado de Nordrhein-Westfalen, <http://www.muenster.de> é conhecida por possuir milhares de estudantes, de diversos lugares do mundo. Sendo assim, a universidade <https://www.uni-muenster.de> engloba vários centros, dentre eles o European Research Center for Information Systems, onde atualmente trabalho e estudo. Dedico boa parte do meu tempo a pesquisa e envolvimento com o projeto, todavia faço também aulas de alemão e uma matéria na universidade, Supply Chain Management. A cidade também possui um centro de auxílio aos estudantes, portanto foi relativamente fácil encontrar moradia, fazer o registro, contas no banco, entre outros trâmites. Outro fato curioso, é que a cidade é reconhecida como a maior simpatizante de bicicletas do mundo. Praticamente toda a população utiliza este meio de transporte, o que melhora a mobilidade urbana e qualidade de vida. A língua ainda é um empecilho, visto que não sou fluente em alemão. Contudo todas as atividades relacionadas a universidade e ao trabalho são em inglês o que facilita bastante. Fiz várias amizades, e não achei os alemães tão “frios” como dizem. Isso vem me ajudando bastante com a dificuldade de ficar longe de casa”.